gtag(\'set\', {\'user_id\': \'UA-86803962-1\'})

(54) 98432-6545

contato@theplan.com.br

Seja Bem Vindo a WebThePlan

LOGO-FINAL

AS MELHORES DICAS PARA VOCÊ

DESCOMPLICAR O SEU NEGÓCIO!

Descomplica Empresário

Buscar no Blog

EBTIDA: Conheça um pouco mais desse Poderoso INDICADOR

19/09/2018

Você já estudou hoje?

Senão vamos lhe ajudar agora, se sim, não tem problemas, pelo contrário é ainda melhor, afinal conhecimento nunca é pouco, não é?

Então vamos lá…

Um dos Indicadores Estratégicos mais falados e controlados dentro de diversas empresas, quando falamos de Resultado, é a Receita Líquida, certo?

Realmente, mas essa realidade está com seus dias contados, um Indicador Estratégico vem fazendo cada dia mais parte do cotidiano das organizações do futuro.

E num momento onde precisamos controlar cada vez mais nossos números, nossos resultados o EBTIDA vem tomando conta das reuniões de resultado e gerando grandes diretrizes estratégicas dentro das companhias, auxiliando no direcionamento de ações e controles dentro das mesmas.

Mas afinal o que é esse tal de EBITDA?

Essa sigla confusa vem do inglês, e significa Earnings Before Interest, Taxes, Depreciation and Amortization, traduzindo para o tupiniquim é o Lucro Antes de Juros, Impostos, Depreciação e Amortização, e pode ser encontrado em algumas empresas da nossa terra natal como LAJIDA.

Ele é um importante Indicador Financeiro e demonstra quanto a Sua Empresa gera de recursos através de suas atividades operacionais, sem considerar impostos e demais efeitos financeiros.

A importância deste Indicador vem da possibilidade de você conseguir analisar não apenas o resultado final da Sua Empresa, mas sim os processos como um todo, atuando na análise da produtividade e da eficiência da Sua Empresa.

E como calculamos esse Indicador Estratégico?

Como todo o Indicador Estratégico, ele deve ser muito bem compreendido, não é um bicho de sete cabeças, vamos para o raciocínio:

Para calcular o EBITDA é necessário primeiro calcular o lucro operacional, que é a subtração, a partir da receita líquida, do custo dos produtos vendidos (CPV), das despesas operacionais e das despesas financeiras líquidas (despesas menos receitas com juros e outros itens financeiros).

Depois, é só somar ao lucro operacional os juros, a depreciação e amortização que estão incluídas no CPV e nas despesas operacionais.

Como fica na Estrutura?

EBTIDA

Agora que você já conhece um pouco mais sobre esse PODEROSO indicador, ENTÃO, qual  ação que você VAI tomar HOJE para obter mais resultado no seu negócio?

Lembre-se, a WTP está aqui para ajudar você a alcançar todo o seu potencial…

Forte abraço dos amigos WTP e até a próxima…

Postado por webtheplan



Comentários

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado


Receba dicas

exclusivas no seu e-mail!

Ettore Lazzarotto, 356 - Santa Catarina

Caxias do Sul - RS

contato@theplan.com.br
Tel: (54) 98432.6545

Copyright @ 2018 - Todos direitos reservados - WebThePlan